terça-feira, 22 de julho de 2014

D&D 5ed: Backgrounds, Feats e Ilustrações do PHB

Esta última semana foi cheia de novos previews do D&D 5ªed. O primeiro e mais esperado por alguns foi a liberação das planilhas prontas do Basic Set em PDF. Mas após isso, todos os previews foram a respeito do Player's Handbook.

Tivemos a liberação das duas primeiras páginas da classe warlock:

Clique na imagem para ampliar.

A parte descritiva da classe, que basicamente é o que podemos ver nessas páginas, eu achei legal. Mas a ilustração que acompanha a descrição eu realmente não consegui gostar. Não que a qualidade seja ruim, mas não achei que a composição faça muito sentido.

Em seguida, foram apresentados a página de introdução dos capítulos de inspiração e background, assim como os backgrounds "eremita" e "soldado":

Inspiration & Background: mixed feelings.

As ilustrações que acompanham este capítulo são bem mais do meu gosto. 


Os backgrounds são exatamente o que o nome diz: um passado do personagem antes da aventura iniciar. Eles conferem uma pequena vantagem mecânica relacionada ao histórico do personagem, e cada um traz uma pequena lista de características que o jogador pode assumir para o personagem (características de personalidade, ideais, etc). No que diz respeito ao roleplay, achei os backgrounds muito legais. Mas de certa maneira são regras para aquelas coisas que sempre fazemos de uma maneira ou outra nos jogos.

A regra de inspiração é uma forma de recompensar a boa representação do personagem. Funciona assim: em uma cena em que o mestre acredite que o jogador estava representando adequadamente, ele confere "inspiração" para o jogador. Ele pode utilizar essa "inspiração" para ganhar advantage (rolar dois dados e pegar o melhor) em um ataque, jogada de proteção, ou teste de habilidade durante a cena. Novamente, é algo que é comum ser feito mesmo sem uma regra - dar um bônus em uma rolagem devido a bom roleplay. E a única coisa que eu não gostei muito é justamente a advantage poder ser aplicada a qualquer rolagem escolhida pelo jogador, e não apenas às rolagens relacionadas com a interpretação.

Outro aspecto da regra, e que é diferente do costumeiro "bônus por interpretação", é que um jogador com "inspiração" pode conferir seu bônus a um outro jogador para recompensá-lo por alguma boa cena.

Tivemos também um preview com a lista completa de feats do livro, que segundo o artigo prometem ser bem mais influentes nas características e concepção do personagem do que eram nas edições anteriores.


E por fim, tivemos uma amostra da arte interna do livro, com quatro ilustrações divulgadas:






Devido a estas amostras, podemos ver que as ilustrações do PHB serão uma boa mistura de estilos, incluindo até mesmo personagens de Wayne Reynolds exatamente no mesmo estilo utilizado no Pathfinder (coincidência?). Mas no geral são ilustrações muito boas, que prometem fazer do PHB um belo livro.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

O Ídolo da Semana

O ídolo desta semana recebe muitas visitas, vindas de todo o mundo:

by Kamil Węgrzynowicz“Olhe querida, aqui no guia diz que esta estátua foi construída por David Trampier em 1978, a pedido do Sr. Gary Gygax…”

A bem-humorada ilustração acima, que coloca turistas no lugar dos aventureiros da ilustração original, foi feita para o tributo The God With The Bowl por Kamil Węgrzynowicz.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Começa Amanhã o EIRPG 2014

O Encontro Internacional de RPG de 2014 começa amanhã, acontecendo em conjunto com o Anime Friends, como no ano passado.

EIRPG O evento acontece durante dois finais de semana: dos dias 17 a 20 de Julho, e de 24 a 27 de Julho. O local é o Campo de Marte, na Avenida Santos Dumont, nº 2241, Bairro Santana, São Paulo/SP.

A pré-inscrição para o evento pode ser realizada pela internet neste link, mas ao que tudo indica não é obrigatória para participar do evento.

Em minha opinião, houve muita demora na divulgação da programação completa do evento (o que é péssimo para quem não é de São Paulo), mas agora ela já está disponível no site da Devir. Entre as diversas atividades do evento, como campeonatos de cardgames e boardgames e mesas de RPG, haverão palestras, dentre as quais uma com o Trio Tormenta (escritores do Tormenta RPG) e outra com Mark Rein-Hagen (autor de livros do antigo Mundo das Trevas e I am Zombie, jogo novo que ele virá divulgar).

Mas nem tudo são boas notícias. Segundo alguns comentários em uma postagem em sua página no Facebook, a editora Devir não irá realizar o lançamento do Pathfinder em português durante o evento, como se esperava. O lançamento do Pathfinder está programado para o “segundo semestre de 2014”, mas sem uma data confirmada.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Apêndice N: Conan – Espada & Magia

Como eu comentei em uma postagem anterior, os livros da série Conan – Espada & Magia são consideravelmente difíceis de encontrar hoje em dia. No entanto, difícil não quer dizer impossível!

ConanAgora só me falta um na coleção!

Depois de muitos anos de procura, e não muito após receber o volume 3 da série, aquele que mostrei na postagem anterior, consegui encontrar os volumes 1, 2 e 4 sendo vendidos por um mesmo vendedor no Mercado Livre. E o mais incrível, por um preço bastante justo.

Assim como o volume citado anteriormente, estes três também são trazem algumas histórias originais de Robert E. Howard, alé dos pastiches de Conan escritos por Lin Carter e L. Sprague de Camp, e versões de contos de Howard reescritas por de Camp.

Nominalmente, isso é, de acordo com a ficha técnica, os volumes 1 e 2 seriam a tradução dos livro Conan, e o volume 4 a tradução de Conan the Wanderer, ambos originalmente publicados pela Lancer Books em 1967 e 1968.

No entanto, o volume 4 traz apenas um dos contos originalmente publicado em Conan the Wanderer, sendo complementado por contos tirados de Conan of Cimmeria. Já nos volumes 1 e 2 faltam apenas dois contos do livro Conan, e trazem em seus lugares contos tirados de Conan the Freebooter, Conan of Cimmeria, e Conan the Usurper.

Com estas aquisições, a minha coleção da série Conan – Espada & Magia fica quase completa, faltando apenas o último volume, subintitulado “A Lâmina de Fogo”.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

D&D 5ed: Mais Monstros Pelo Mesmo Preço!

A Wizards of the Coast anunciou hoje que o Monster Manual do D&D 5ªed será lançado com 32 páginas a mais do que havia sido originalmente anunciado, sem nenhum aumento no valor do livro.

As 32 páginas adicionais, de acordo com o anúncio, são destinadas à inclusão de mais monstros no livro, e não a tabelas ou outro tipo de informação secundária.

Em minha opinião, isso sim mostra uma mudança de postura na WotC em relação ao que vinha sendo feito nas edições anteriores: ao invés de já programar o “Monster Manual 2”, simplesmente incrementar a contagem de páginas do livro e disponibilizar mais material pelo mesmo preço aos jogadores.

Ao menos para mim, isso representa um respeito maior pelo cliente.

O Ídolo da Semana

A postagem desta semana é especial - serve ao mesmo tempo como o ídolo da semana e também divulgação do próximo produto da Redbox:

A capa não poderia ser melhor!

A imagem acima é a capa do Guia de Armadilhas, o próximo suplemento para o Old Dragon a ser lançado pela Redbox Editora!

Conforme explicado no comunicado oficial da editora,  o Guia de Armadilhas traz mais de uma centena de armadilhas, das mais simples e básicas até as mais complexas e mortais, além de enigmas, desafios e perigos naturais, tudo para os mestres de jogo poderem desafiar ainda mais os personagens dos jogadores.

O livro, que será o primeiro livro azul oficial em formato físico para o Old Dragon (cor que significa um suplemento genérico), foi escrito em uma parceria minha com o Rafael Beltrame, e nós tentamos nos certificar de que o material fosse divertido e útil para os mestres, tanto de Old Dragon quanto de outros sistemas.

A capa é de autoria de Bruno Balixa e Dan Ramos, e não poderia ser melhor, com nosso querido ídolo como peça central, atraindo os aventureiros para a morte certa em terríveis armadilhas!

O início da pré-venda está prevista para o mês de Agosto, então fiquem de olho.

domingo, 13 de julho de 2014

D&D 5ed: Miniaturas, Tieflings e Bardos

Dentre os novos previews divulgados dos materiais da nova edição do D&D, temos algumas fotos das novas miniaturas e do interior do Player’s Handbook.

A nova linha de miniaturas deve chegar em massa às lojas no dia 15 de Julho, junto com o lançamento oficial do Starter Set para o grande público. No entanto já temos uma foto do blister "Icons of the Realms", que traz 6 personagens fixos:

Os fãs do Drizzt vão à loucura!

As miniaturas deste blister estão listadas como:
 
Drow Elf Ranger Drizzt (46/51)
Gold Dwarf Female Cleric (47/51)
Human Female Ranger (48/51)
Sun Elf Female Wizard (49/51)
Northlands Fighter (50/51)
Lightfoot Halfling Rogue (51/51)

Pela foto, dá para perceber que a qualidade da pintura é um pouco melhor do que a média das antigas DDM, aproximadamente do mesmo nível das atuais Pathfinder Battles. Segundo informações, o nome das miniaturas sob a base é no mesmo modelo das antigas DDM, isso é, escritas em relevo.

Do Player’s Handbook nós temos um pequeno trecho da classe bardo, explicando sua relação com a música e a magia:

Bard Music!

Interessante a citação de Words of Creation e das palavras como instrumento dos deuses para a criação de tudo no Player’s Handbook. Isso de um certo modo adiciona algo mais ao "cenário implícito" do jogo, é possível que muito provavelmente vejamos repercussão dessa citação em outros materiais do D&D 5ªed, como nos suplementos e cenários.

E além do bardo, foi liberada mais uma página (na verdade duas) do capítulo de raças do livro. Desta vez os escolhidos foram os tieflings:

A primeira página de descrição da raça...

... a segunda página...

... e como as duas devem parecer juntas no livro.

Apesar da ilustração não ser ruim, achei que ela poderia ser melhor, como é a dos anões. Curiosamente, a raça dos tieflings também é representada por uma personagem feminina. Será que é apenas uma coincidência, ou todas as raças são apresentadas com uma personagem feminina, como em uma espécie de concurso de misses de um universo de fantasia?

Como eu já havia cantado a bola antes, devido ao que foi feito na 4ªed, não gostei do fato de que todos os tieflings tem essa aparência padrão de olhos de cor única, grandes chifres e cauda. Prefiria quando cada tiefling era um ser único.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...